DestaqueEventos

Escola TOP!

Escola de Santo André é eleita a Escola Top

Alunos contam como conquistaram o título de “Escola Top” com o uso da plataforma Geekie+
Categoria
Escola Jardim Riviera registrou 80% de acessos na plataforma

“A gente respirava Geekie+”. É desta forma que Guilherme Rodrigues Vital, aluno da E.E.Jardim Riviera, localizada em Santo André, define como os estudantes do 3º ano do Ensino Médio conquistaram o título de “Escola Top”.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook
Segundo ele, todo o tempo livre era destinado à nova plataforma de estudos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A unidade escolar registrou uma média geral de 80% de acessos.

A escola está em festa, mas os alunos fazem questão de destacar que houve muito estudo para o reconhecimento. “Essa conquista é mérito dos alunos, pelo esforço, pois cada um acessou, não só na escola, mas em casa também”, explica a aluna Alessandra Meireles.

A plataforma interativa de estudos para a rede estadual de ensino se tornou uma ferramenta de apoio que vai ajudar muitos alunos a conquistarem alguns sonhos. “Nos engajamos, pois é uma oportunidade para quem tem interesse em ingressar numa universidade. Eu, por exemplo, quero fazer faculdade de medicina e estou estudando bastante para isso”, conta Alessandra Meireles.

“Para quem não tem oportunidade de estudar em colégio particular e encontrar uma escola pública, onde você pode aprimorar o seu conhecimento, com disciplinas eletivas, clubes de estudo e esportes, sem precisar pagar uma taxa é ótimo”, comemora o aluno Alan Bitencourt.

Com as atividades desenvolvidas na Escola de Tempo Integral, muitos sonhos foram despertados, como conta a aluna Luiza Ribeiro Leme. “Antes de entrar na escola Jardim Riviera, eu não tinha foco. Mas, quando me tornei aluna desta unidade escolar, descobri que o meu sonho é fazer teatro, e o estudo deixou de ser maçante.

A diretora da unidade escolar, Cleide Mara Torres, compartilha o sentimento de acompanhar cada conquista de seus alunos. “Quando você começa a prepará-los para os vestibulares é uma emoção. É como se o filho começasse a andar e você solta a mão, mas fica ao lado para qualquer imprevisto”, explica.

“Nós sabemos que estamos colocando para o mundo, cidadãos de verdade, jovens que levam solidariedade, respeito, compreensão, competências e habilidades”, finaliza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *